Lista de golpes comuns usados por fraudadores e estelionatários... *

  • Não compre tapetes havidos como de procedência estrangeira de "turistas" desconhecidos em aperto financeiro... É o conto do Magliari; são produtos nacionais de baixa qualidade, desprovidos de etiquetas, negociados como falso contrabando, por preços várias vezes ao valor real;
  • Cuidado com benzedeiras, rezas, e despachos. Denuncie os exploradores da credulidade pública e jamais permita que um deles entre em sua casa;
  • Não acredite em "honrosas ofertas" de compra de lotes de terreno por telefone. Há malandros que vivem à custa do chamado trabalho de macaco, quer dizer, conversa fiada pelo telefone para impingir terrenos "frios" aqueles que crêem estar falando com pessoas de projeção;
  • Reserve seus donativos para entidades idôneas credenciadas pelo Serviço Social do Estado e Serviço de Fiscalização das Associações de Caridade. Não confie na conversa de angariadores que não exibam credenciais legítimas;
  • Não acredite em "Revelações" e Profecias feitas por ciganas que apareçam em sua casa. Elas só desejam se apropriar de seus valores. Chame a polícia;
  • Uísque falsificado é antes de tudo um produto nocivo a sua saúde. Acautele-se contra os espertalhões que vendem gato por lebre;
  • Quando estiver transportando valores não se deixe distrair por qualquer motivo. Cuidado com os descuidistas que vigiam e que querem furtá-lo;
  • Não dê esmolas pelo telefone ou pelo correio. No geral quem solicita dessa forma não tem coragem de fazê-lo pessoalmente. É vigarice.
  • Ao vender qualquer de seus bens, não se impressione com o alto preço ofertado, investigue antes a idoneidade do comprador;
  • Não se deixe levar pelas promessas de curandeiros e charlatões que falam em curas milagrosas. Eles só querem apropriar-se de seu dinheiro em prejuízo de sua saúde;
  • Desconfie sempre do fiscal rigoroso que rapidamente se prontifica a quebrar o galho por meio de propina - é um malandro. Chame o policial mais próximo;
  • Não confie a guarda ou o transporte de valores a menores ou pessoas inexperientes. Se for obrigado a fazê-lo, alerte-os contra a ação dos vigaristas que agem nos centros bancários;
  • Ao fazer negócios com desconhecidos não se deixe embair por referências favoráveis colhidas em fontes igualmente desconhecidas. Procure confirmar as comunicações recebidas com pessoas de sua confiança;
  • Ao investir suas economias em um consórcio, não acredite em todas as promessas do vendedor e leia com atenção o contrato que vai assinar para não se arrepender mais tarde;
  • Pessoa simplória que o aborda na rua com um bilhete premiado para receber é um malandro que deseja lesá-lo. Chame o policial mais próximo;
  • Se você for interpelado por alguém que se diz policial, requeira a exibição de sua cédula de identidade funcional. É um direito seu e sua garantia;
  • Cheque visado dado em pagamento por desconhecidos, fora do expediente bancário, deve ser confirmado pelo banco sacado antes de ser aceito como dinheiro em espécie;
  • A Casa da Moeda não tem filial. Não acredite em métodos especiais de reproduzir dinheiro verdadeiro. É o conto da guitarra, chame a polícia;
  • Agências de emprego que cobram taxas antecipadas, a pretexto de conseguir colocações, não passam de arapucas disfarçadas. Denunciem-nas.
  • Desconfie sempre do providencial mecânico que aparece quando seu carro enguiça na rua sem motivo aparente. É o conto do mergulho;
  • Seu carnê foi premiado? Parabéns! Todavia não pague nada a ninguém até certificar-se sobre o resultado do sorteio;
  • A ambição desmedida do lucro fácil favorece o engodo preparado pelos vigaristas. Não se deixe levar por ofertas fabulosas e negócios da China;
  • Ao ser buscado por um desconhecido que lhe dá uma notícia trágica, não se precipite. Procure antes a confirmação e não lhe entregue dinheiro;
  • Não confie sua carga a carreteiros desconhecidos, portadores de documentação duvidosa. O frete poderá custar mais caro do que você pensa;
  • Negócios muito vantajosos que surgem da noite para o dia geralmente dissimulam um bem engendrado conto do vigário. Tenha cuidado!
- See more at: http://www.noticiassp.com/sp/buri-sp#sthash.yepACv4l.dpuf

O aumento do investimento em torres de energia eólica no Brasil... *

Segundo com a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeolica), Elbia Melo, o setor de energia eólica vai investir cerca de R$ 15 bilhões em 2014 e a tendencia é manter este patamar de investimentos nos próximos anos, envolvendo a participação nos leilões de energia promovidos pelo governo.

Em dez anos, a energia eólica deve equivaler a 11% da  matriz energética brasileira, segundo o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim. Ele afirmou que, atualmente, este é o tipo de energia que mais vai aumentar no período depois da hídrica e que a produção no Brasil já extrapolou a da energia nuclear.

Em agosto, a fonte eólica atingiu a capacidade instalada de 5 gigawatts (GW), o suficiente para abastecer, na média, cerca de 4 milhões de residências ou 12 milhões de pessoas, o que equivale a uma localidade do tamanho de São Paulo.

Desafios

Para Elbia, um dos maiores desafios do setor no Brasil é o desenvolvimento da cadeia produtiva para garantir o andamento dos projetos e manter o índice de nacionalização, critérios básicos para conseguir financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ela concorda com a exigência, mas lembrou que a cadeia produtiva tem que evoluir rapidamente para que os projetos possam entregar a energia contratada nos leilões.

"É um desafio que chamamos de emergencial. Temos que vencer rapidamente. Ano passado nós vendemos 4,7 gigawatts (GW). Isso significa que temos que fabricar equipamentos. O adensamento da cadeia produtiva talvez hoje seja o ponto de maior atenção. Não entendemos como um ponto intransponível, mas como uma questão que temos que vencer, que discutir e trazer soluções de curto prazo para seguir na trajetória de consolidação que a indústria está indo de sustentabilidade de longo prazo", disse em entrevista à Agência Brasil.

O chefe do departamento da área de operações industriais do BNDES, Guilherme Tavares Gandra, explicou que o critério foi adotado em 2012 dentro da modelagem dos financiamentos para estimular o desenvolvimento da cadeia produtiva nacional. "Desde o início da metodologia temos cerca de 22 novas unidades industriais e 15 expansões. Estamos falando aqui de 37 projetos de investimentos", disse, destacando que os projetos não se concentram em apenas um tipo de segmento."Tem investimento em fornecedores de pás, de torres. Houve uma abrangência em grupos de componentes que é muito interessante."

Na avaliação de Elbia Melo, com a diversificação da matriz energética brasileira que já está acontecendo, no futuro, a tendência é a redução da participação das hidrelétricas e de aumento das fontes renováveis. "Nesse processo a energia eólica é a atriz principal. Ela vai ser rapidamente a segunda fonte a participar da matriz. Do ponto de vista da oferta, nós não temos problema em termos de potencial. É essa a posição que o setor eólico está buscando garantir e nós temos todas as condições de fazer isso. O setor eólico está em um momento virtuoso e vai continuar nesta trajetória tendo em vista a base que a indústria construiu no Brasil", explicou.

Segundo a presidenta, um fator relevante que será trabalhado neste momento é encaminhar ao governo o pedido de escalonar as entregas de energia do que foi vendido nos leilões. "Essa é uma demanda relevante que a indústria vai levar para o governo. Não fica em um período único e as fábricas têm tempo de programar a sua produção", esclareceu.

O escalonamento, de acordo com ela, poderia favorecer igualmente a solução de um outro gargalo do setor, que é a logística do transporte de equipamentos. A característica dos produtos é a grande dimensão e o peso, como as torres das turbinas de geração da energia eólica e rotores, entre outras peças.

Nordeste, Sudeste e Sul Os parques e projetos de parques eólicos concentram-se nas regiões Nordeste, Sudeste e Sul do País. Para Eduardo Tosta, especialista em Projetos de Competitividade Setorial da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), os motivos são o transporte, além da quantidade e qualidade dos ventos nos estados dessas regiões.

"A tendência é gerar uma cadeia produtiva perto de onde vai ser instalado o parque eólico, onde estão os potenciais, as regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Então, a cadeia produtiva de torres, de pás e de outros componentes de grande porte tende a se formar perto dos fabricantes que estão próximos de parques para reduzir os custos de transportes, já que não é tão fácil isso no Brasil", disse.

Lista das principais estruturas encontradas em células vegetais e animais, bem como as suas funções... *

Organismos multicelulares, envolvendo plantas e animais são compostos de células microscópicas, consideradas as unidades mais básicas da vida. Cada célula contém estruturas menores chamadas organelos que realizam vários processos da vida. As células vegetais e animais são semelhantes em muitos aspectos, mas a primeira, em particular, tem características relevantes que a distinguem.

 

Membrana plasmática

As células são mantidas juntas por uma membrana semipermeável de plasma, igualmente chamada a membrana celular, que é constituída por duas camadas de proteína e gordura. A membrana de plasma envolve o citoplasma, o gel que é a substância fundamental das células e organelas. Ele igualmente funciona como um filtro, que regula o fluxo de moléculas para dentro e fora da célula. A água e oxigénio, exemplificativamente, podem facilmente passar através da membrana, enquanto que o fluxo de aminoácidos e açúcares é restrito.

Núcleo

Células animais e vegetais são eucarióticas, o que significa que têm um núcleo e que são recobertas por membranas. O núcleo contém o material genético do organismo, conhecido como ácido desoxirribonucleico ou DNA. A membrana externa é porosa, o que permite que o núcleo interaja com o citoplasma.

Retículo endoplasmático

O retículo endoplasmático é uma série de membrana dobrada na qual as células produzem gorduras e proteínas que constituem os tecidos. Ligadas às faces das membranas estão estruturas minúsculas chamadas ribossomas, onde os aminoácidos são sintetizados de modo a formar proteínas. As partes da membrana com os ribossomas são chamados retículo endoplasmático rugoso; o retículo endoplasmático liso sem ribossomas.

Aparelho de Golgi

As proteínas e gorduras sintetizadas no retículo endoplasmático são modificados e distribuídos a outras partes da célula através do aparelho de Golgi. Devido à sua função este organelo relativamente grande é localizado perto do núcleo e do retículo endoplasmático. Composta por 4-8 sacos achatados com extremidades curvas conhecidas como cisternas.

Os lisossomos

As organelas esféricas conhecidas como lisossomos contêm enzimas ácidas que lhes permitem decompor materiais celulares residuais em compostos simples, alguns dos quais são reciclados pela célula. Os lisossomos igualmente quebram microorganismos, como as bactérias. Essas organelas são originados no aparelho de Golgi.

As mitocôndrias

Nas células animais, as mitocôndrias são organelos que convertem o oxigénio e os nutrientes do alimento em uma forma de energia que a célula pode usar. O processo é chamado respiração aeróbica; energia produzida é chamado trifosfato de adenosina, ou ATP. As mitocôndrias possuem forma retangular e têm seu próprio DNA, o que os torna únicas entre as organelas. As mitocôndrias estão presentes em células vegetais, mas  desempenham um papel menos relevante.

Estruturas específicas dos vegetais

Plantas sintetizam seus próprios nutrientes orgânicos a partir de componentes não-vivos. As células vegetais, portanto, contêm organelas que estão ausentes em animais, que obtêm alimento por comer outros organismos. As organelas chamadas cloroplastos contêm clorofila, a substância que faz com que as plantas  sejam verdes. Isso permite que os cloroplastos convertem a luz solar em energia, uma função que compara as mitocôndrias nas células animais. Os vacúolos, contendo grandes organelas nutrientes líquidos e digerem  produtos de dejetos em células de plantas, que igualmente possuem parede celular rígida fora da membrana plasmática.

A ASMA É UMA DOENÇA PULMONAR GRAVE... *

 Se você ou seu filho tem asma, você não está sozinho. Cerca de 23 milhões de pessoas nos Estados Unidos da América sofrem de asma. A asma é a principal causa da doença é de longa duração em crianças.

Somos todos responsáveis ​​por proteger as condições que determinam um bom nível de saúde para a nossa família e nossa comunidade.  educação é a base para a criação de ambientes promotores de saúde para todos.

No momento, temos à nossa disposição uma grande variedade de comunicações sobre a asma. Por isso, os pais e as pessoas que cuidam de crianças desempenham um papel relevante na transmissão de conhecimentos e mudança de estilo de vida da família.

Uma vez que a EPA está empenhada em educar todas as pessoas sobre a asma, então você vai encontrar comunicações úteis que irão ajudá-lo de forma mais eficaz o controle da asma.

Quais são os fatores ambientais que causam a asma?

A asma pode ser desencadeada por alérgenos ou irritantes, que são comuns em nossas homes.The fatores mais comuns são:

Rapé fumo

A asma pode ser causada por fumaça de um cigarro, cachimbo ou charuto e igualmente pela fumaça exalada pelo fumante.

  • Escolha a não fumar em casa ou no carro ou permitir que outros o façam.

Os ácaros da poeira

Os ácaros são pequenos demais para serem vistos a olho nu, mas estão em todos os home.They vivem em colchões, travesseiros, tapetes, papel de parede da tela da mobília, colchas, roupas e brinquedos de pelúcia.

  • Lave lençóis e cobertores semanalmente em água quente.
  • Escolha os brinquedos macios que são laváveis, e lave-as muitas vezes em água quente, secando-os completamente. Mantenha esses brinquedos off camas.
  • Cubra colchões e almofadas com tampas que impedem a passagem do pó (alérgeno impermeável) tendo um fecho.

Animais

Flocos da pele emergentes de animais domésticos, urina e saliva podem desencadear asma.

  • Considere manter animais de estimação fora da casa ou encontrar uma nova casa, se necessário.
  • Mantenha seus animais de estimação todo o tempo fora do quarto ou qualquer outra área que é usado para dormir e manter as portas fechadas.
  • Manter animais de estimação fora do mobiliário com tecido de tapeçaria, tapetes e bichos de pelúcia.

Saiba mais em  www.epa.gov/asthma/pets.html 

Moho

Mold cresce em lugares úmidos ou materiais. A chave para o controle do mofo é o controle de umidade. Se o molde é um problema em sua casa, limpar e remover o excesso de água ou umidade. Humidade reduzindo igualmente ajuda a reduzir a outros factores que causam a asma, tais como baratas.

  • Lave molde fora superfícies duras e secar completamente.Absorventes, como telhados e tapetes, se enferruja, provavelmente deve ser removido ou materiais substituídos.
  • Faça as fugas de água nos tubos e tubos e outras fontes de abastecimento de água.
  • Mantenha pingadeiras em seus ambientes de geladeira, ar condicionado e desumidificador, limpa e seca.
  • Usar exaustores ou janelas abertas segurar enquanto cozinha ou quando usar a máquina de lavar louça.
  • Utilize exaustores nos banheiros durante o banho.
  • Inserir o escape num secador de roupas para o exterior.
  • Manter a humidade no interior da casa a um nível baixo, de 30 a 50 por cento de humidade relativa. Os níveis de umidade pode ser medida pelo hygrometers que podem ser comprados em lojas de ferragens.

Baratas

Excrementos ou de excreções de baratas podem provocar asma.

  • Não deixe alimentos ou lixo exposição ambiental.
  • Guarde os alimentos em recipientes bem fechados.
  • Limpe todos os resíduos de alimentos ou líquidos derramados imediatamente.
  • Primeira tentativa de controlar as baratas com iscas de veneno, ácido bórico ou armadilhas antes de usar sprays de pesticidas.

Se são utilizados pulverizadores:

  • Limite-se a utilizar apenas em áreas infestadas.
  • Siga atentamente as instruções contidas nos rótulos dos produtos.
  • Certifique-se de que o ar fresco o suficiente quando você pulverizar e manter a pessoa com asma fora de casa.

Prevenção de ataques de asma

Visite  www.noattacks.org/es . Para fazer um plano de acção asma, dicas sobre como controlar a asma e obter uma cópia do livro atividade popular "Dusty o Goldfish".

www.noattacks.org/es
  • Passo 1:  Converse com seu médico sobre a asma do seu filho. Se seu filho tem asma ou você acha que seu filho tem esta doença, levar seu filho a um médico doctor.The irá trabalhar com você para garantir que o seu filho tem um ataque de asma.
    • Saiba o que provoca asma em seu filho.
    • Identificar a sua asma desencadeia em sua casa são.
    • Saiba como livrar sua casa os fatores que causam a asma.
    • Saiba o que seu filho deve tomar a medicação.
  • Passo 2:  Faça um plano. Pergunte ao seu médico para ajudá-lo a criar um plano de ação individual para controlar a asma do seu filho. Trabalhar com o seu médico para criar um plano de ação para ajudá-lo a aprender a prevenir ataques de asma a criança regularmente.
  • Passo 3  - Faça a sua asma resistente casa. Os fatores que causam a asma são parte de nossas vidas diárias. Os ataques de asma podem ser causadas por fungos que crescem na cortina do chuveiro no banheiro, os ácaros que vivem em cobertores ou mantas, travesseiros e brinquedos de pelúcia de seu filho. Saiba mais sobre as coisas que podem causar um ataque de asma e que você pode fazer para eliminá-los e manter a criança saudável.

Ferramentas Programa de Qualidade do Ar Interior para Escolas

EPA tem desenvolvido um programa de Ferramentas de Qualidade do Ar Interior para escolas para reduzir a exposição a contaminantes ambientais neles através da adoção voluntária de práticas para gerenciar a qualidade do ar interior.

Ferramentas IAQ Programa Escolas para

O "Programa  Ferramentas de QAI para Escolas  "é uma detalhada para ajudar a manter um ambiente saudável em edifícios escolares por meio da identificação, correção e prevenção de problemas de qualidade do ar resource.Poor qualidade do ar interior nas escolas podem afetar o conforto ea saúde dos alunos e funcionários, que por sua vez pode afetar a concentração, assiduidade e desempenho dos alunos. Além disso, se a escola tem de reagir prontamente qualidade tão pobre de ar, os alunos e os funcionários estão em maior risco de problemas de saúde a curto prazo, tais como fadiga e náuseas, assim como problemas de saúde a longo prazo, como a asma. Leia mais sobre isso e fazer o download ou solicitar um kit de "ação  Ferramentas QAI para as Escolas  ".

Quem é responsável pelo desconto errado de um valor como ‘empréstimo para aposentado’ ?... *

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode ser obrigado a devolver valores indevidamente descontados da renda mensal de aposentadoria ou pensão por morte para pagamento de mensalidades de empréstimo bancário em consignação. A decisão foi da Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais (TNU), que pacificou o entendimento sobre a matéria, na sessão de julgamentos desta quarta-feira (6). No caso julgado pela Turma Nacional, o INSS apresentou recurso contra as decisões de primeira e segunda instância dos Juizados Especiais Federais, que haviam dado a uma segurada de Pernambuco o pagamento em dobro dos valores descontados de seu benefício, assim como pagamento de indenização por danos morais. A autarquia utilizou como base um acórdão da Turma Recursal de Goiás, que considerou não existir legitimidade passiva do INSS para a ação judicial na qual se pretende restituição de valores descontados de benefício previdenciário para repasse ao banco responsável pelo empréstimo consignado. Para o Instituto, na ocorrência de fraude, a responsabilidade seria apenas da instituição financeira. Autorização No entanto, a Lei 10.820, de 2003, prevê a possibilidade de a autorização para consignação do empréstimo ser colhida tanto pelo INSS quanto pela instituição financeira. A relatora do processo na TNU, juíza federal Marisa Cláudia Gonçalves Cucio, sustenta ainda, em seu voto, que a despeito de o contrato ter sido ajustado entre beneficiário e banco, a autorização de desconto emitida pelo segurado titular do benefício dever ser obtida pelo próprio INSS. O banco somente pode colher diretamente autorização de consignação do beneficiário se for o responsável, ao mesmo tempo, pela concessão do empréstimo e pelo pagamento do benefício ao segurado. Nessa situação, o INSS repassa o valor integral da aposentadoria ou pensão à instituição financeira credora, que se encarrega de realizar o desconto na renda mensal. “Em contrapartida, quando o INSS se incumbe de fazer a consignação, precisa ele próprio exigir do beneficiário a manifestação de autorização”, ponderou a magistrada. Segundo ela, a controvérsia sobre a questão se aprofundou com a edição de atos normativos pelo próprio Instituto, os quais não previam a necessidade do beneficiário demonstrar autorização de consignação, porque seria suficiente o banco conveniado encaminhar à Dataprev arquivo magnético com os dados do contrato de empréstimo. “O INSS não pode, com base em ato normativo infralegal editado por ele próprio, eximir-se da responsabilidade, imposta por norma legal hierarquicamente superior, de verificar se o aposentado ou pensionista manifestou a vontade de oferecer parcela dos proventos como garantia da operação financeira de crédito. (...) Ao confiar nos dados unilateralmente repassados à Dataprev pela instituição financeira, o INSS assume o risco de realizar descontos indevidos na renda mensal de benefícios previdenciários”, salientou a juíza federal. - See more at: http://www.blogsbrasil.com/hoje/xambioa-to#sthash.vgbdjPcD.dpuf

Rumo a 2015